Marissa Nadler

Oficialmente no inverno, mas ainda com um jeitão de outono indeciso, passo a listar minhas músicas prediletas da cantora estadunidense (Boston, Massachusetts) Marissa Nadler, que também é artista plástica.

 

Dos 8 álbuns lançados, 3 ganham mais destaques para meus ouvidos, a saber:

 

Album Review: Marissa Nadler - For My Crimes | Thank Folk For That For My Crimes (2018);

Songs III: Bird On The Water | Discografia de Marissa Nadler ... Songs III: Bird on the Water (2007) e,

Ballads of Living and Dying : Marissa Nadler | Album | MuzPlay Ballads of Living and Dying  (2004)

 

Seus arranjos instrumentais e vocal são suaves, doces, delicados, enraizado no folk, com uma atmosfera gótica e de dream pop.

Suas canções servem de ótima trilha sonora para aqueles momentos de introspecto necessário, de conexão pacífica com o “eu interior” e de viagem (e por ora apenas o planejamento) para campos, em contato maior com a natureza de atmosfera mais amena, tais como chalés, café passado na hora, gramados verdejantes tendentes à serem cobertos pelas geadas, ar limpo e nebuloso, marias-fumaça, lareiras, vinhos, tricô, leitura, etc etc etc.

Projetou todo o cenário? Então bora lá:

Drive:

Was it a Dream:

Lover Release Me:

Blue Vapor:

Fifty Five Falls:

Annabelle Lee:

1923:

Thinking of You:

For My Crimes:

Dying Breed:

 

Se você curtiu essa pegada folk de Nadler, então você também poderá gostar do folk ameríndio de Marrie Sioux (aqui).

 

* fonte das fotos in: Brooklyn Magazine, The Line of Best Fit, Marissa Nadler – Bandcamp, Pinterest, Monkeybuzz, Audiograma