Booster Minéral 89, de Vichy

Ando com uma vontade danada de comentar produtinhos dermocosméticos por aqui.

E o escolhido da vez é o sérum Minéral 89, de Vichy.

Já é o terceiro vidro que eu uso aqui em casa em pelo menos 1 ano, mas confesso que as percepções fossem mais impactantes pelo afã que fizeram do produto com o seu lançamento.

Ainda assim, ele não deixa de proporcionar ótimos efeitos, sentidos em curto prazo.

Bora destrinchar as características dele:

💧💧💧FORMA:

O que mais me incomodou, é que o canudo não vai até o fundo para que a válvula pump da embalagem de vidro sugue o final do sérum, fazendo com que você desenrosque o aplicador e espere o produto escorrer na quantidade desejada.

Como podem perceber, esse da foto já está no finalzinho.

💧💧💧O QUE A MARCA DIZ:

A marca menciona que o sérum possui uma fórmula que concentra 89% de água termal mineralizante (enriquecida com 15 minerais tidos como essenciais em seus processos) combinado com o ácido hialurônico, para uma ação preenchedora e hidratante, melhorando a barreira cutânea e deixando a pele mais resistente.

COMPOSIÇÃO: aqua, PEG glycol-8/5/3, glycerin, butylene glycol,  methyl gluceth-20, carbomer, sodium hyaluronate, phenoxyethanol, caprylyl glycol, citric acid, biosaccharide gum-1. CodeF.I.L.: B199024/1

💧💧💧CONSIDERAÇÕES:

Trata-se de um booster (concentrado – como qualquer característica de séruns) que concilia a textura aquosa com gel e que rende bastante. Duas borrifadas são mais que suficientes para você espalhar em todo o rosto.

Pra exemplificar a textura, a percepção que eu tenho do produto é que ele é uma água termal condensada.

Também é uma ótima opção para a pré maquiagem, não como fixadora, mas para quem quer uma make com acabamento simples e natural.

De cara você percebe a carga de hidratação, ainda que sutil e não tem cheiro.

Pra mim, isso fez com que minha pele ficasse levemente plastificada, tal como uma clara de ovo e extremamente macia. Conclusão: pele cuidada e iluminada, ou seja, com luminosidade natural e devolução do viço facial.

Em alguns minutos eu realmente senti uma pele mais lisinha ao toque suave, sobretudo nas bochechas.

Não enxerguei rejuvenescimento efetivo. Mas isso só o tempo dirá.

E, dada a alta concentração dos 89% de água termal no produto, acho que ele poderia ser mais eficaz na sensação de refrescância um pouco mais prolongada.

Para quem não sabe, a água termal é um ótimo aliado no alívio cotidiano de quem sofre com rosácea. Mas nesse caso, o produto poderia ser melhorado ainda mais nesse aspecto.

💧💧💧 RESULTADO:

Aprovado!