Nota desnecessariamente necessária

Seguimores, primeiramente quero me desculpar com vocês pela ausência de conteúdo nestas últimas semanas.

Tenho posts programados, mas pessoalmente não me senti digna e oportuna em editá-los, personalizá-los ou publicá-los, em respeito ao luto.

Algumas pessoas, especialmente no WhatsApp e Twitter sabem que perdi um tio para essa desgraça de COVID-19 e que já estava internado há meses sem efetivos progressos em seu quadro clínico. Ainda tenho, de certa forma, de me honrar com ele com alguns compromissos assumidos.

Ainda estou na fase de que a “ficha não caiu”.

Tudo isso somado à problemas sérios que experimentei com prestação de serviço, com medidas judiciais já tomadas por mim. Então, tive de me concentrar sozinha nesses trâmites, o que é pra lá de estressante (minha arritmia que o diga).

Não sei se isso foi sentido por vocês, mas a prestação de serviços, sobretudo com a entrega de coisas e alimentos à distância se mostrou precária e desdenhosa comigo. Ainda bem que existe CDC – Código de Defesa do Consumidor e meu legítimo interesse e conhecimento nisso (por isso que utilizo meu perfil no Twitter para denunciar alguns casos).

Isso sem ainda ponderar uma sensação de frustração que venho absorvendo.

Calma gente, nem tudo é ruim nesse mundo. Adversidades são necessárias. Caímos porque sabemos levantar!

É aquela premissa de analisar o copo meio cheio.

Nos bastidores, fora do mundo digital, tenho desenvolvido muitos planos para mim e espero que aproveitem muito disso em breve, embora eu ainda não possa falar em datas.

Enfim, estou viva e na atividade rsrsrsrs. E vocês me motivam mais e mais.

Por isso, queria transmitir este post como uma nota de desculpas a Todos vocês e com uma mensagem, por incrível que pareça, de positividade. De que a vida deve continuar, porque o impulso mais genuíno e natural do Homem são os seus passos, o aprender a andar e o melhor de tudo, para onde se direcionar.

Uma ótima semana a Todos!