Body lotion de framboesa com hortelã-pimenta de Yves Rocher

20190225_190008

Dando uma sequência ao post de beleza e cosméticos, ao tecer considerações sobre o esfoliante de morango com menta, automaticamente lembrei desse hidratante super delicado, da francesa Yves Rocher.

Para quem não sabe, seus produtos ainda podem ser encontrados por aí. Num tempo não muito distante, chegou a ser vendido até mesmo na Lojas Renner, tendo ao que me parece, alguma coisa na Lojas Americanas e Mercado Livre.

É que a marca não prosperou como pretendia no Brasil por conta de dificuldades com importação + crise econômica do país, ainda longe de alcançar ligeira decência.

Com isso, a operação de suas atividades vigoraram até meados de 2017.

Resultado de imagem para body lotion framboesa e hortelã yves

Fato é que meses antes (eu não esperava ter sido o último produtinho deles comprado por aqui) eu tinha adquirido a loção hidratante corporal de framboesa com hortelã-pimenta, não obstante o maravilhoso vinagre capilar com ativos da mesma fruta em que cheguei a comprar umas 3 vezes (resenha merecida aqui).

Pois então, ainda bem que a validade dele era (ou ainda é porque tenho um pouquinho dele) longa, o que me permitiu utilizá-lo de forma bem proveitosa, principalmente pelo fato de eu revezar bastante mesmo o uso de cremes e demais cosméticos.

Esse hidratante foi ótimo pra mim porque sua hidratação não é pegajosa porque mais líquida (típico de body lotions), absorvida rapidamente pela pele e conferindo um toque totalmente natural, mas intensificado na maciez, tanto para os dias mais quentes quanto para os mais frios (foi um bom companheiro meu em Campos do Jordão) e ajuda a dar uma delicada revigorada no corpo.

A fragrância é bem suave mesmo e não tem nada de refrescância mentolada ou algo parecido. O cheiro dele permanece na pele por algumas horas (pra mim eu percebi isso num período de 4 horas).

Agora me resta procurar outros cosméticos nessa mesma linha, até porque adoro frutas silvestres.