Dança Lenta

Imagem relacionada

É estranho ver a bailarina da caixa de música rodopiar tão rapidamente, não é mesmo? Não é natural ou que se espera. Mas e se você também estiver fora de seu próprio ritmo?

O post que publiquei sobre Capitalismo Consciente dizia muito sobre nosso repensar na desaceleração também de modo geral e aqui eu também quero ressaltar nossa necessidade de nos reavaliarmos com

macro designs_29090_hires
frequência.

Então, totalmente a combinar com a diminuição de nossos passos largos e por vezes mal calculados, resolvi divulgar um PowerPoint (esse recurso só me faz lembrar de mensagens e apresentações com cunho de autoajuda) de vários que eu recebia quando comecei a destrinchar a internet. Sim, o mundo digital começou tarde para mim.

Particularmente não sou adepta de “correntes motivacionais”, mas lembro que essa e poucas outras tinham me tocado de certa forma. Já se passaram vários computadores e os arquivos continuam guardados.

Em especial esse a seguir, intitulado Dança Lenta (muuuuuitos de vocês já devem ter recebido láááá atrás) para baixar e também transcrito:

É tão fácil perder de vista o que é importante…

Dança Lenta

Alguma vez você já observou crianças num carrossel?

Ou ouviu a chuva batendo no chão?

Alguma vez já seguiu o voo errático de uma borboleta?

… ou fixou o olhar no sol no crepúsculo?

É melhor você diminuir o passo.

Não dance tão depressa… o tempo é curto, a música vai acabar.

Você corre através de cada dia voando?

Quando você pergunta “Como vai?” Você escuta a resposta?

Quando o dia finda, você fica deitado na cama, com os próximos afazeres rolando por sua cabeça?

É melhor você diminuir o passo.

Não dance tão depressa…o tempo é curto, a música vai acabar…

Você disse alguma vez a uma criança: “Vamos deixar isto para amanhã?”

E na sua pressa, não viu a tristeza dela?

Perdeu contato, deixou uma boa amizade morrer porque você nunca tinha tempo para ligar e dizer “Oi”?

É melhor você diminuir o passo.

Não dance tão depressa…o tempo é curto, a música vai acabar…

Quando você corre tão depressa para chegar a algum lugar, você perde metade da satisfação de chegar lá.

Quando você se preocupa e se apressa em seu dia todo, é como se fosse um presente que não foi aberto… um presente jogado fora!

A vida não é uma corrida…

… Leve-a mais devagar…

… OUÇA A MÚSICA…

… ANTES QUE A CANÇÃO ACABE!

Otimize seu tempo, sua vida, seus interesses. Potencialize a razão de sua existência.

And when you get the choice to sit it out or dance.

I hope you dance….I hope you dance.
I hope you dance….I hope you dance.
(Time is a wheel in constant motion always rolling us along,
Tell me who wants to look back on their years and wonder wherethose years have gone.)

I hope you still feel small when you stand beside the ocean,
Whenever one door closes I hope one more opens,
Promise me that you’ll give faith a fighting chance,
And when you get the choice to sit it out or dance.

Dance….I hope you dance.

E quando você tiver que escolher entre sentar ou dançar.

Eu espero que você dance…. eu espero que você dance.
Eu espero que você dance…. eu espero que você dance.
(O tempo é uma roda em movimento constante sempre nos levando junto,
Me conte quem quer olha para trás nos seus anos e imaginar para onde esses anos se foram.)

Eu espero que você ainda se sinta pequeno quando você parar do lado do oceano,
Quando uma porta fechar eu espero que mais uma se abra,
Me prometa que você dará ao destino uma chance de lutar
E quando você tiver que escolher entre sentar ou dançar

Dance… eu espero que você dance.

Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si
É sobre saber que em algum lugar alguém zela por ti
É sobre cantar e poder escutar mais do que a própria voz
É sobre dançar na chuva de vida que cai sobre nós

É saber se sentir infinito
Num universo tão vasto e bonito, é saber sonhar
Então fazer valer a pena
Cada verso daquele poema sobre acreditar

Não é sobre chegar
No topo do mundo e saber que venceu
É sobre escalar e sentir que o caminho te fortaleceu
É sobre ser abrigo
E também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo em todas as situações

A gente não pode ter tudo
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?
Por isso eu prefiro sorrisos
E os presentes que a vida trouxe pra perto de mim

Não é sobre tudo que o seu dinheiro é capaz de comprar
E sim sobre cada momento, sorriso a se compartilhar
Também não é sobre
Correr contra o tempo pra ter sempre mais
Porque quando menos se espera a vida já ficou pra trás

Segura teu filho no colo
Sorria e abraça os teus pais enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir (Trem-Bala, de Ana Vilela)

Enfim, permita coreografar seus próprios ideais e respeitar a cadência para passos largos, porém ajustados, sem medo de perder o equilíbrio e buscar a felicidade nas pequenas sensações do dia a dia.

Não seja forçado a viver exageradamente adiantado num “horário de verão”, quando ainda se tem mais outras 3 estações.

Gosto e ritmo musical é particular e sua história também.

Imagem relacionada

Resultado de imagem para gif music box

Imagem relacionada