Chuck “he has been good”

Drop the coin right in
Hail! Hail! Rock ‘n’ roll
Deliver me from the days of old
Long live rock ‘n’ roll
The feeling of drums loud and bold
Rock! Rock! Rock ‘n’ roll
The feeling is there body and soul (School Days)

chuck_berryEncaixei no título do post uma frase que soasse com um dos trechos mais famosos da música “Johnny B. Goode” com o que Chuck Berry contribuiu no mundo da música e nos tempos áureos do despontar da história do Rock and Roll que, desde o último sábado, está em luto com a notícia de seu falecimento, aos 90 anos.

Esta música mesmo que citei fala de um garoto de limitadíssimos recursos e de instrução, mas como enorme potencial, neste caso, para tocar guitarra e à espera da oportunidade bater a sua porta.

Quem já tentou aprender a tocar qualquer instrumento sabe não ser uma tarefa tão simples. É praticamente um dom.

Chuck Berry foi um dos músicos a utilizar o blues com solos de guitarra mais agitados e com letras populistas , além de vencer o preconceito racial. Sua superação era o próprio domínio da guitarra. O ritmo e a atitude alcançava todas as classes sociais.

Era a atitude, o ROCK despontando de vez.

A era do Rockabilly, do Twist, das jaquetas de couro, dos topetes, dos vestidos rodados de poá, das Jukebox.

O famoso rock clássico dos anos 50.

Eu mesma não consigo ficar parada com essas canções. Adoro dançar Twist e, sem falsa modéstia, danço muito bem, obrigada.

Atualmente Chuck Berry trabalhava em um álbum inédito e pôde ser pioneiro nesse valioso gênero musical e dele mesmo assistir a toda evolução rítmica, de The Rolling Stones à todas as vertentes do Heavy Metal.

O resultado dessas influência pode ser notada nesses encontros:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ah! E como mexia as pernas até o chão sem parar de tocar uma guitarra pesada… sem playbacks etc.

Obrigada Chuck e descanse em paz.

Que comecemos a semana escutando o melhor de seus trabalhos:

Deep down in Louisiana, close to New Orleans
Way back up in the woods among the evergreens
There stood a log cabin made of earth and wood
Where lived a country boy named Johnny B. Goode
Who never ever learned to read or write so well
But he could play a guitar just like a-ringin’ a bell

Go, go, go, Johnny, go, go
Go, Johnny, go, go
Go, Johnny, go, go
Go, Johnny, go, go
Johnny B. Goode

He used to carry his guitar in a gunny sack
Go sit beneath the tree by the railroad track
Oh, the engineers would see him sittin’ in the shade
Strummin’ with the rhythm that the drivers made
People passing by they would stop and say
Oh my, but that little country boy can play

Go, go, go, Johnny, go, go
Go, Johnny, go, go
Go, Johnny, go, go
Go, Johnny, go, go
Johnny B. Goode

His mother told him: Some day you will be a man
And you will be the leader of a big old band
Many people comin’ from miles around
To hear you play your music ‘till the sun go down
Maybe someday your name will be in lights
Sayin’: Johnny B. Goode tonight

Go, go, go, Johnny, go
Go, go, go, Johnny, go
Go, go, go, Johnny, go
Go, go, go, Johnny, go
Go, Johnny B. Goode

Bem no sul da Louisiana, perto de Nova Orleans
Em meio a uma floresta entre os pinheiros
Ficava uma velha cabana feita de terra e madeira
Onde vivia um garoto caipira chamado Johnny B. Goode
Que nunca havia aprendido muito bem a ler ou escrever
Mas que conseguia tocar uma guitarra como se tocasse a campainha

Vamos, vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Johnny B. Goode

Ele costumava carregar sua guitarra no saco de pano
E sentava-se debaixo de uma árvore perto dos trilhos
Ah, os maquinistas de trem o viam sentado na sombra
Acompanhando o ritmo que os motoristas faziam
Pessoas que passassem por perto paravam e diziam
Oh, meu Deus, mas esse rapaz toca mesmo

Vamos, vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá, vamos
Johnny B. Goode

Sua mãe lhe disse: Um dia você será um homem
E será o líder de uma grande banda
Muitas pessoas virão de muito longe
Para ouvi-lo tocar sua música até o anoitecer
Talvez um dia seu nome estará em letreiros luminosos
Dizendo: Johnny B. Goode hoje à noite

Vamos, vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá
Vamos, vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá
Vamos, vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá
Vamos, vamos, vamos lá, Johnny, vamos lá
Vamos lá, Johnny B. Goode

Anúncios