Pavlova com mousse de limão e cobertura de romã

 

Essa é uma receita para quem mora sozinha, para quem tem liberdade e pode ser ouvido.

Infelizmente, a cozinha por aqui é monopolizada e dificilmente posso praticar algo.

Por isso, não pude seguir à risca a receita que diz não poder abrir o forno por, pelo menos uma hora. Obviamente, minha mãe abriu o maldito forno para fazer algo que não estava nos planos.

Foi horrível, tive de ouvir coisas impensadas. Sou alguém que nunca consegue agradar uma pessoa em especial muito próxima de mim. Nunca tive reconhecimento dela por qualquer coisa que faço.

Espero elogios, mas ouço insultos… Seria ótimo que não me tratasse como um robô… tenho vontades e sentimentos que gostaria que fossem respeitados.

Mas, enfim, para quem gosta de romã e para aproveitar o começo do ano, segue a receita e algumas curiosidades dessa fruta tão famosa em simpatias de ano novo.

A pavlova é um tipo de torta de merengue. Ele é a própria base a ser assada, depois recheada e coberta.

Eu espalhei o restante da calda também por fora do doce, para tornar o doce mais rústico.

A receita eu obtive do blog Faz & Come, mas segue a lista de ingrediente e modo de preparo replicados abaixo:

Ingredientes:

4 claras de ovo a temperatura ambiente

1 colher de café de sal

200 gramas de açúcar

1 colher de sopa de vinagre

1 colher de sopa de maizena

 

Para a mousse:

300 ml de natas para bater

1 limão (raspa e sumo)

100 gramas de açúcar

2 folhas de gelatina

 

Para a cobertura:

1 romã bem madura

50 gramas de açúcar

1 colher de sopa de água

 

Preparação:

Ligue o forno nos 150º. Forre um tabuleiro com papel vegetal, desenhe nele um círculo com 20 cm, dê a volta ao papel e polvilhe-o com um pouco de maizena; Reserve.

Numa taça bem limpa e seca, coloque as claras e o sal e bata até começarem a ficar firmes.

Adicione o açúcar gradualmente e bata até não se notarem os grãos do açúcar e obter uns picos firmes.

Adicione o vinagre e a maizena previamente peneirada e envolva com a ajuda de uma espátula de silicone. É importante agora não bater, mas sim fazer movimentos envolventes.

Coloque o merengue dentro do círculo desenhado no papel e alise à volta e por cima com uma espátula.

Leve ao forno, a média altura, e reduza a temperatura para os 130º. Deixe cozer, sem abrir a porta, durante 1 hora e meia. Desligue o forno e deixe a pavlova lá dentro até arrefecer completamente, sem espreitar!

 

Para a mousse:

Bata as natas juntamente com o açúcar e a raspa de limão até começarem a ficar firmes.

Demolhe as folhas de gelatina num pouco de água fria durante 2 minutos. Escorra-as e adicione-lhes o sumo de limão. Leve ao micro-ondas por 5 a 10 segundos a média potência, até derreter. Sem parar de bater, adicione a mistura de gelatina às natas e bata até ficar firme.

 

Cobertura e montagem:

Retire as cascas e peles da romã e coloque os grãos numa frigideira pequena. Leve ao lume juntamente com os 50 gramas de açúcar 1 uma colher de sopa de água, mexendo de vez em quando, até ficar sob a forma de xarope. Deixe arrefecer.

Coloque a pavlova no prato de serviço e cubra-a com a mousse de limão, alisando com a ajuda de uma espátula. Regue com o xarope de romã.

Leve ao frio durante, pelo menos, duas horas antes de servir.

 

20170105_182324

Anúncios