Vou me entorpecer bebendo vinho

Ao som de Bebendo vinho, do Ira, minha ordem cromática dominante nos ambientes continua, dessa vez com os tons mais escuros do vermelho: o vinho, bordô ou mesmo marsala.

Remete não à jovialidade, mas a elegância e um certo ar de autoridade. Uma cor usada por poucos, mas que confere nas decorações das casas um clima mais sofisticado e quente.

Separei algumas inspirações marcantes de uma das cores que mais gosto:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

Anúncios