Vivemos ou não num país Zikado?

O post está atrasado, mas a realidade dos fatos não.

Aliás, a imoralidade, a ganância mais que exacerbada, o desrespeito e a corrupção sempre estiveram presentes e favorecem tantas tragédias por aqui.

Há poucos dias, tivemos o desaforo de tolerar um pronunciamento do ex-presidente, Luís Inácio Lula da Silva que, atualmente, nem exerce cargo político para se valer de horário eleitoral.

Mas isto é fichinha para quem possui uma tão suja que, pelo desmazelo da ignorância, da influência e de interesses próprios se faz e se fez, de fato, tornar mascarada – e isso deverá cessar, eu creio nisso.

Por uma graça divina (eu tenho que crer nesta força espiritual), nem tudo é para sempre, especialmente as mentiras para acobertar crimes e manchas contínuas à moralidade de um povo que nunca experimentou qualidade de vida, mesmo em território brando.lula viva alma.jpg

E a infâmia de Lula parece não ter limites, principalmente depois do comentário sobre o depoimento que tivera de prestar, revelando um comportamento de um animal, digamos víbora, em situação de perigo, já que todos esperam esclarecimentos verdadeiros de sua vida escusa e, ao que se denota mafiosa, e que o fez vociferar grosserias e barbaridades.

Tudo para desviar a atenção de ser investigado e punido nos ditames e rigor da Lei (e olha que as nossas são brandas demais no aspecto penal), nem que seja preciso atirar à fogueira seus mais fiéis escudeiros quadrilheiros (te prepara hein Dirceu) e ofender uma Nação que um dia lhe concedeu votos (e espero que a burrice ridiculamente não se repita).

Ou já se esqueceram de que, recentemente, Lula declarou que “não há viva alma mais honesta do que eu”?!

Quanta patifaria e profanidade… Quer dizer, então, que estamos todos mortos!

Eu que sempre possuí conduta ilibada, trabalho como brasileira necessitada de tantas coisas e tantas atividades, que aprende a valorizar a vida, tudo e todos com ensinamentos árduos, que não rouba ou que possua ação sequer contrária e ainda tenha de ouvir uma coisa dessas.

Pessoas da estirpe de Lula só não morrem facilmente porque nem o Diabo os quer.

maxresdefault.jpgE temos de tolerar sua pupila nas mais altas patacoadas de intelecto, de gestão, de maculada vida pública, de falta de coragem e postura até mesmo para pronunciamentos à própria população.

A vergonha, para mim, parece ser infinita, porque seus efeitos alcançarão até outras gerações, já que, querendo ou não, integram a história.dilma não se pronuncia no Sete de Setembro.jpg

Em pensar que a presidente evita pronunciamento de praxe em rede nacional de televisão com medo de ser vaiada e das manifestações de panelaço.

Então que nem se candidatasse… Já que não possui fibra e competência para nos representar e conduzir o país de forma proba e correta.

Estamos em trens sem freio e sem maquinista. O descarrilho econômico é inevitável.

Mas, mesmo sob tantas estapafúrdias corruptivas, prefiro chamar a atenção para outra epidêmica situação no Brasil: o Zika vírus.

Brasil sem verba para combater mosquito.jpg

Estamos prestes a receber mais turistas durante as Olimpíadas que ocorrerão, embora o despreparo seja gigante tal qual nosso território.

A herança disso é que nossas autoridades não têm zelo para preocupações extremistas.

Tanto que o aumento dos casos de Zika se deve justamente pela vinda de turistas, e assim creem que de africanos, durante a Copa do Mundo em 2014. Sim, aquela onde restou provado que o Brasil já nem sabe jogar futebol.

Ou seja, nosso Governo somente pensa em tentar conter um estrago maior depois de contaminar boa parte da população brasileira e mundial, vez que é crescente o contágio mundo afora por conta de pessoas que aqui, infelizmente, estiveram.

Os demais Estados é que, conhecendo a insuficiência e descaso do Brasil, precisa dispor de seus profissionais para auxiliar os daqui, ante a falta de interesse e investimento locar ser deveras rudimentar.

Brasil necessita de reforço em área da saúde.jpgAté mesmo o continente mais pobre consegue conter, mesmo ainda estando em alerta, um vírus muito mais devastador que qualquer um desses transmitidos pelo Aedes aegypti, senão o temido Ebola, com situação epidêmica ainda recente.

O aumento, nesta circunstância, é ainda maior, pois demonstrado que nós não conseguimos combater um único mosquito, permitindo consideráveis resistências e mutações do inseto.

alerta OMS ao Zika.jpg incapacidade do Governo sobre o mosquito.jpg

zika e a crise da saúde brasileira.jpg

Culpa do Governo frouxo e desprezível que não promove verdadeira e ostensiva campanha e vigilância de seu povo, incluindo punições àqueles de ignorância mais rebelde quanto à prevenção à reprodução do Aedes e suas doenças.

Agora, vigor para fiscalizar mês a mês as nossas contas bancárias e por qualquer punhado de reais eles o fazem… E todos assistem inertes! ! ! Que maravilha de país sem futuro, né!

Só um governante muito imbecil para achar que um único dia de combate, tal qual ocorrido em 13 de fevereiro p.p., para achar que fez o bastante que estivera em seu alcance, recrutando o exército para panfletagem.

Repito: recrutando o exército para panfletagem! É inadmissível.

E pior, a panfletagem, pelo menos aqui em Sampa, foi feita nas entradas de apenas algumas estações do metrô. Naquelas mais distantes, nada de alerta foi feito, tal como a estação Tucuruvi, simplesmente a 2ª mais movimentada e próxima de uma região com histórico de focos das larvas do Aedes Aegypti.

E lembrando que o mosquito transmissor da Dengue, Zika, Febre Chikungunya e ainda desencadeadora da Síndrome de Guillain-Barré é o Aedes, tá e não como Zika como a dona Dilma falou. Já sabemos que ela só fala besteira e acho que por isso nos representa e só pode ser morto depois de nascer, né rsrsrs.

Os jornais internacionais, atentos a tudo no Brasil, mais que boa parte da população brasileira deveria estar, ainda têm destacado grande preocupação com a epidemia e a famigerada situação econômica.

Nas Olimpíadas se subentende que os atletas somente virão ao Brasil, praticamente, por considerável obrigação, além de afortunadas obras públicas para tal evento que, sabemos, não ficarão prontas a tempo, assim como ocorrido com a Copa do Mundo e que ainda estão longe da entrega.

E se todo o dinheiro, centavo por centavo, de toda esta facção político-criminosa fosse injetada às carências de saúde, saneamento, educação, segurança, transporte, habitação, meio ambiente, fiscalização, lazer, turismo e tecnologia?

Os maiores mosquitos estão no Palácio do Planalto, na Esplanada dos Ministérios e no Congresso Nacional.

Vivemos ou não vivemos num país Zikado?

 

Mais em:

http://www.ambientelegal.com.br/governo-federal-combate-o-zika-virus-com-piadas/

 

http://epoca.globo.com/vida/noticia/2016/02/o-zika-escancarou-crise-da-saude-brasileira.html

 

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2016/01/el-nino-vai-ajudar-espalhar-o-zika-diz-oms.html

 

http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/vida-urbana/2016/01/07/interna_vidaurbana,620035/africanos-desembarcam-no-brasil-para-ajudar-a-combater-zika.shtml

 

http://cbn.globoradio.globo.com/editorias/pais/2016/03/07/BRASIL-NAO-TEM-VERBA-PARA-COMBATER-AEDES-AEGYPTI-AFIRMA-COORDENADOR-DE-COMBATE-AO-ZIKA.htm

 

http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,mpf-ve-combate-ineficiente-a-dengue-em-16-prefeituras-de-sp,10000019411

 

 

Anúncios