Lush é realmente Lush

Seguindo as recomendações da Mainá Belli, do blog Virou Tendência, resolvi dar meu pulinho no shopping Center Norte, aqui em Sampa e visitar a Lush, a queridinha marca, referência em saboaria mundial.

Realmente, o atendimento superou minhas expectativas, nada de explicações corridas. Tudo me foi mostrado e explicado, desde a composição e modo de usar, bem como a funcionalidade de casa item até as políticas de sustentabilidade e ajuda assistencial.

Mostra-se, pois, preocupada com a diminuição de embalagens e na sua forma de reutilização, assim como a participação do programa intitulado Fun, onde produtos da linha que leva o mesmo nome servem de arrecadação de fundos que promovem atividades recreativas às crianças carentes que vivem em zona de conflito.

E não tem como não se sentir atraída pelas cores e opções que a Lush oferece. Se pudesse, deixaria na loja muitos dígitos para cada passadela.

IMG_1249.JPGE o mais interessante é que a criatividade sempre te surpreende. Um exemplo disso é que, para cada cosmético, há uma opção sólida raramente vista por aí, o que lhe garante poucos concorrentes.

Você notará versões sólidas nos seguintes produtos: óleos de banho, shampoos e condicionadores, tônicos faciais, tabletes dentais, tintura de cabelo em henna, perfumes, sérum facial, protetor solar, pós-hidratantes e, claro, as famosas bombas de espuma efervescentes e os demais sabonetes em barra, alguns vendidos por gramas e outros por unidade.

Porém, após tanto encantamento, me detive a dois produtos, ambos faciais: o Mask of Magnaminty e o Let The Good Times Roll.

O primeiro é uma máscara verde e com acúmulo de líquido que precisa ser misturado um pouco com massa levemente firme antes da aplicação e se deve ter muito cuidado para não deixar tombar.

Modo de Usar: Aplicar uma camada no rosto, evitando a região dos olhos e deixar por 10 minutos. Retirar com água morna em movimentos circulares.

A máscara leva uns 10 minutos para refrescar um pouco a pele, mas o frescor mesmo ocorre durante a lavagem com água levemente morna, sentindo um granulado maior da esfoliação.

Entre os seus ingredientes estão: o mel, a hortelã-pimenta, feijão azuki moído, semente de prímula e clorofila.

A hortelã só não prevalece totalmente por conta do mel, creio eu. Já perceberam que o mel sempre modifica de forma substancial o restante das fragrâncias?

Não que seja ruim, eu até prefiro, mas ele altera bem, deixa o produto mais “abafado”.

Enfim, ele é uma ótima opção para peles oleosas, além de servir para acalmar e refrescar a pele, mesmo que apenas momentaneamente.

Modo de Usar: Colocar nos dedos o equivalente a uma colher de chá do produto. Umedecer com água e aplicar na pele, massageando delicadamente. Retirar com água em movimentos circulares.

E não tenham preconceito com o Let The Good Times Roll, pelo fato dele conter polenta e farinha de milho, canela em pó (quase que imperceptível) e pipoca, também acompanhadas de extrato de gardênia.

Ele é docinho (vontade de comer) e promove uma delicada esfoliação.

O resultado é um rosto limpo, uniforme, lisinho e bem hidratado. Testei em loja e mal terminei de lavar a mão e já senti a diferença. Conclui, naquele instante, que não podia sair da loja sem ele.

O único ponto negativo é que a embalagem não vem tão cheia do produto.

AH!!!!!! Tão preocupados que são com o meio ambiente que, se você acumular 5 dos potinhos destas máscaras, você já pode trocar por uma outra máscara facial fresca, daquelas que devem ser conservadas em ambiente refrigerado.

Isso sem contar nos presenteáveis que se pode montar, tendo como embrulho lenços coloridos que podem ser usados de diversas formas e ocasiões.

De um modo geral, não posso deixar de destacar o alto preço dos cosméticos, como se estivessem sendo completamente importados quando, em verdade, já estão sendo produzidos por aqui também.

A maioria dos produtos que vi beirava os R$ 48,00 (quarenta e oito reais) pra mais.

Além de conhecer a própria loja, uma ótima oportunidade de saber mais da Lush é por esta revista deles. Dela eu extraí várias músicas relaxantes e super me interessei por serviços que eu não imaginava que disporiam: promoção de festas e Spa! Ai que delícia! Penso em conhecer quase todos e me sentir… SPArramada rsrsrsrsrs

Assim, despeço-me da dica que dou a vocês e da minha experiência com a Lush e agradeço a vendedora Sú por toda a atenção despendida. Com certeza voltarei!

Revista Lush

AS INDICAÇÕES MUSICAIS DA LUSH:

 

Anúncios