Cheirinhos de infância

O post de beleza desta semana também é temático de dia das crianças.

Nós procuramos guardar o máximo de recordações possíveis de nossa infância. Mas, afinal, o que você pode acumular de memórias olfativas de tudo aquilo que usou quando criança?

Vou associar aqui uma lista de todos os produtos que me vem agora pela cabeça do que usava quando criança e daqueles produtos infantis que ainda uso para algo mais suave:

1 2   Shampoo e Condicionador Snoopy (de aloe vera e camomila) – Um dos produtos que mais usava quando criança e continua com o mesmo cheirinho;

3  Colônia sem álcool Snoopy (aloe vera e sálvia) – Lembro que até tinha uma boa fixação e nada muito melado, ótimo para dormir após um banho suave;

4 Loção Antimosquito da Johnson & Johnson (J&J) – Uso até mesmo para ir à praia, por exemplo, já que ele é totalmente líquido (parece uma colônia) e, portanto, não tem aquela textura grudenta de loção cremosa como a maioria dos repelentes, além de ter um cheirinho bem agradável;

5 Loção hidratante rosa da J&J – Bem suave, mas que fixa na pele, tanto o cheirinho quanto à hidratação. Uso raramente, quando estou bem estressada mesmo e quando não vou sair, tipo que tem uma caminha já me esperando. Pena que anda carinho (quase R$20,00 – com tanto tempo de mercado);

6 Óleo Puro de Massagem da J&J – Ótima opção para tirar o grosso da maquiagem, com fórmula menos agressiva de química, já que desenvolvida para a pele de bebês (http://revistaglamour.globo.com/Beleza/Pele/noticia/2014/05/rosto-corpo-e-cabelo-10-produtinhos-multifuncionais-para-voce-usar-ja.html). E eu uso isso já faz um tempinho e tem a mesma fragrância do hidratante acima, porém mais leve.

7 8  Shampoo e condicionador amarelinho (ph balanceado) da J&J – Quem não conhece? É o que possui a fragrância mais característica. Cheirinho suave, mas que fica no cabelo. Deixa as madeixas mais soltas e macias, porém não possui ativos com efeitos que sempre buscamos, né, tais como antifrizz, desembaraçado etc. Só limpa (faz mais um pouco de espuma mesmo na 2ª lavagem) e deixa sedoso mesmo. Ah é muito recomendado para lavar os olhos quando da retirada de maquiagem. Faz pouquíssimo tempo que fiz isso e até que gostei… não arde mesmo. Tenho de agradecer pelo comentário da queridíssima Aline (https://favodefel.wordpress.com/2015/08/26/os-efeitos-que-sinto-em-shampoos-e-condicionadores-infantis/);

20151011_113241
20151011_113306 O que eu era fanática mesmo quando criança se devia pela colônia do Menino Maluquinho, que era fabricada pela Água de Cheiro, onde a tampa do frasco era uma panela pink, estilo caldeirãozinho (característica do personagem de Ziraldo).
Aliás, usava Água de Cheiro com frequência. Boa época em que perfume vinha até com bonequinha de porcelana (faz muito tempo mesmo).

Outra façanha que eu tinha quando criança era usar aqueles óleos em cápculs, de formato de coração que eu adorava estourar durante o banho, mas que na verdade eram de minha mãe rsrsrsrs… Peste, né.

Isso sem contar nos perfumes sem borrifadores que eu tentava dosar nos meus dedinhos finos de tudo… já podem imaginar o desperdício, né.

Nossa, mas sua mãe deixava tudo isso acessível? Não, mas eu escalava no armário e nada era páreo para mim. Vaidade feminina que já aflorava rsrsrsrsrs. Foi assim que conheci meu perfume predileto (até o momento): Paloma Picasso.

Também adorava o Orvaille e Ritual (desodorante), ambos da Natura. Um deles, salvo engano, vinha numa latinha cinza com desenho de plantinhas bem suaves que eu adorava.

Anúncios