Os Subgêneros do Heavy Metal

10511É claro que destaquei os principais subgêneros do Rock e Heavy Metal, pois dentre deles há, ainda, outras ramificações, porém sem muita gama, como por exemplo, o folk e viking metal, o punk horror, o rock alternativo, o metal progressivo ou denominações diferentes, mas que se enquadram dentre os principais exemplos já citados, tal como nu metal ou metal industrial (novo nome dado ao new metal) etc.

Isso sem considerar ao fato do Blues sempre vir atrelado ao Jazz.

Mas… Retornando às profundezas do Heavy, passarei a citar o remanescente e não menos importante do Metal:

Trash Metal

Instrumental mais potente e rápido e, agora com o aparecimento dos famosos vocais guturais que, se você acompanhar muito bem as músicas, perceberá que dá muito bem para discernir as letras.

Ainda farei um post somente dedicado às bandas brasileiras pertencentes aos variados estilos de Rock e Heavy Metal, mas para adiantar o Sepultura, por exemplo, se enquadra no Trash.

A nata do Trash é bem composta pelas bandas Metallica, Megadeth, Anthrax e Slayer (todos os metaleiros me bateriam por isso rsrsrsrs, mas este último eu nem curto tanto assim) que, popularmente ficou conhecida como Big Four of Trash, inclusive com junção destas potências num mesmo show.

Power Metal / Melódico

Nossa… Aqui o Heavy Metal é mitológico, folclórico, místico, mágico ou como queiram viajar. Um mundo de elfos e variadas inspirações medievais marca presença neste gênero, também composto de técnicas de cantos e até mesmo falsetes.

Também se estreita muito com o Metal Sinfônico e tem como muito bandas adeptas deste gênero difundidas na Alemanha, Itália e países escandinavos.

No Brasil, Angra é o grupo mais conhecido de Metal Melódico.

Christopher Lee (1922-2015), por exemplo, era adepto do Heavy Metal, tendo feito até participações com a banda Rhapsody, já que é até mesmo uma ótima trilha para filmes em que atuara – a saga de O Senhor dos Anéis.

Doom e Gothic Metal

Bem intuitivo este gênero carrega uma atmosfera e abordagem obscura, associada ao melancolismo, poético e filosofal acerca da morte, introspectivo e vampiresco.

Há, ainda, uma banda muito conceituada chamada Him, mas sinceramente nunca me agradou rsrsrs.

AVISO / WARNING/ CUIDADO / ACHTUNG: se já estiver achando tudo muito pesado, nem continue rsrsrs:

Death Metal

Posso dizer que o estilo deste som é completamente brutal. É um trash metal mais forte ou mesmo agressivo, com abordagem a tudo que se refira à morte ou qualquer coisa sangrenta, repulsiva, associada a um acúmulo de ira. Muito denominado também como Metal Gore ou Splatter.

Um dos grupos mundialmente conhecidos deste gênero e brasileiro é o Krisium.

Há outros grupos que beiram entre o Death e o Black, tal como o polêmico Behemoth.

Black Metal

É mais underground e a parte mais pesada do Heavy Metal, muitas músicas abordando algo sombrio e até mesmo o satanismo.

Embora muito desenvolvido na Grã-Bretanha, boa parte das bandas de Black são Norueguesas.

Para muitos adeptos, algumas bandas nem mesmo deveriam estar enquadradas neste gênero, por mesclar outros públicos, do tipo gótico, tal como o Cradle of Filth.

E nunca confundam as maquiagens do Hard Rock com os visuais daqui, ora denominados “corpse paint”.

E, para quem quiser conhecer mais sobre o Black, pode acessar uma rádio na net com variados episódios (playlist) chamada Black Metal Radio.

White Metal

Também pesado, mas o conteúdo é o inverso do Black (meio óbvio). É enquadrada como todo heavy metal gospel, incluindo melódicos.

Banda brasileira muito conceituada neste gênero é o Eterna.

Os integrantes da banda Seventh Avenue me pareceram bem simpáticos

New Metal

Com a tecnologia inovando tudo quanto é coisa, acabou por abarcar a indústria fonográfica no heavy metal também.

Também chamado nu metal ou metal industrial, há clara percepção de mistura de gêneros musicais, incluindo o hip hop e techno, sons sintetizados, distorcidos e eletrônicos.

O instrumental da banda Marilyn Manson se enquadra perfeitamente aqui, mas o conjuntos de toda a apresentação da banda, composição etc acaba agradando muito mais o estilo gótico.

É isso aí gente. Espero que tenham aproveitado e diferenciado bastante cada gênero do Rock e Heavy Metal, tal qual me foi apresentado.

Uma ótima semana para todos!

Anúncios