As versões de O Morro dos Ventos Uivantes

92 - CópiaComo gostei muito do livro (https://favodefel.wordpress.com/2015/06/30/o-morro-dos-ventos-uivantes-de-emily-bronte/), não poderia deixar de assistir algumas adaptações deste trágico e forte romance para o cinema.

Dos quatro filmes que assisti, somente não gostei do último e, pelos comentários que vi na internet, estou certa de que este posicionamento também é da maioria.

Passarei, assim, a pontuar o que gostei e não gostei de cada um:

O Morro dos Ventos Uivantes, de 1992:

filme 92Foi o primeiro que assisti e gosto muito, porém recomendo-o para quem já leu o livro e o recorda muito bem. Embora aborde praticamente todos os momentos e emoções do livro, mesmo que brevemente, há alguns aspectos que forçam demais a história, deixando a cena um pouco grotesca, tal como os galhos que batem na janela como se estivessem atiçados pelo espírito de Cathy.

Ralph Fiennes poderia ter sido ainda mais rude ao seu personagem, mas ficou muito bem caracterizado quanto às suas expressões faciais e quanto ao seu figurino maltrapilho.

As cenas de como Cathy passa a observar Heathcliff com pena, bem como no ataque de ciúmes para com sua cunhada são melhores entre as outras versões.

Deram mais ênfase aos personagens crescidos, além de terem usado a mesma atriz para fazer a personagem principal e sua filha que, no livro não tem tanta semelhança assim, mas eu adoro.

Trailer:

Sinopse: O eterno conto de amor e paixão, de Emily Brontë, ganha vida nesta empolgante versão cinematográfica, estrelada por Juliette Binoche e Ralph Fiennes. Filmada em Yorkshire, esta é a primeira adaptação para a tela que apresenta a história completa de duas gerações das famílias Earnshaw e Linton, enquanto suas fortunas se entrelaçam numa complexa trama, dominada pelo ardente relacionamento entre dois amantes amaldiçoados, Heathcliff e Cathy.

Elenco: Juliette Binoche, Ralph Fiennes, Simon Sheperd, Sophie Ward, Jason Riddington, Jeremy Northam, Janet McTeer

O Morro dos Ventos Uivantes, de 1998:

O estereótipo do elenco, figurino e produção são muito semelhantes ao seu predecessor, talvez porque lançado na mesma década.filme 98

Só achei que os atores Orla Brady e Robert Cavanah, que respectivamente interpretaram Catherine Earnshaw e Heathcliff possuíam já na época do filme uma aparência mais velha em comparação ao que o livro sugere.

Neste filme, o personagem Hareton, ainda pequeno, parece ser mais arredio que nos demais, mas no livro ele pragueja e ameaça mais em atiçar cachorros contra alguém.

Todavia, de todas as versões que assisti, este é o que melhor aborda a presença do Sr. Lockwood – o inquilino de Heathcliff, que é bombardeado com toda a história de amor proibido, assim contada pela governanta Nelly.

Trailer (na verdade eu só encontrei o filme inteiro):

Sinopse: Heathcliff (Robert Cavanah) é filho adotivo e seus irmãos o humilham, tratando-o como um empregado. Ele e Cathy (Orla Brady), sua irmã adotiva, são apaixonados, mas Cathy decide que seria melhor para ela se casar com o Sr. Linton (Crispin Bonham-Carter). Inconformado, Heathcliff deixa a família e retorna anos mais tarde, buscando vingança contra aqueles que o separaram de Cathy.

Elenco: Robert Cavanah, Orla Brady, Crispin Bonham-Carter, Ian Shaw, Catherine Chesire, Flora Montgomery, William Mannering,  Matthew Macfadyen, Sarah Smart

O Morro dos Ventos Uivantes, de 2009:

filme 2009Esta adaptação é uma das mais elogiadas. Parece ter sido o preferido de muitos que leram o livro e acho que seria o melhor para quem ainda não leu.

Nesta versão, o Dr. Kenneth, espécie de médico de família, faz consultas às famílias de forma mais assídua, tal como me recordo do livro.

Achei que as falas também são mais fidedignas aos diálogos da obra literária, principalmente de Heathcliff.

A forma com que Cathy surta é muito mais esquizofrênica no livro, mas valeu a atuação por aqui também.

A interpretação, porte e fisionomia de Charlotte Riley contribuiu também para tornar homogênea a nossa imaginação a respeito da personagem Catherine e também bem assemelhada com a atuação de Juliette Binoche (na versão de 92).

O personagem Joseph é um religioso mais fervoroso no livro e, por isso, tinha que ter tido um pouco mais de destaque como capataz e, ao mesmo tempo, conselheiro rigoroso na religião e boa conduta que tentava empregar ao casal.

Hareton também praguejava mais no livro e que nesta versão poderia ter sido melhor trabalhada.

O figurino também é ótimo e mais vivo. A atuação de Tom Hardy também é perfeita, fazendo transparecer mais os momentos de intensa raiva que possamos sentir no personagem do livro e piedade em outras vezes, principalmente em seus delírios.

Trailer:

Sinopse: 1848. Heathcliff (Tom Hardy) é atormentado pela perda de Cathy (Charlotte Riley), sua falecida amante e alma gêmea eterna. Heathcliff concebe um plano para espalhar seu ódio e vingança sobre aqueles que o rodeiam.

Elenco: Tom Hardy, Charlotte Riley, Andrew Lincoln, Sarah Lancashire, Rebecca Night

O Morro dos Ventos Uivantes, de 2011:

A mais recente adaptação também é a pior de todas, mesmo sem ainda ter assistido às versões mais antigas.filme 2011

Está certo que Catherine era uma pessoa “da pá virada” (rsrsrsrs), mas não era mendiga para ter aquele figurino quando criança, né.

Este filme é beeeeemmm mais parado. Recomendo não assistir com seu parceiro, pois ele dormirá, certamente e você também. O filme continuará rodando e vocês ainda gastarão mais energia em suas contas.

Acentuam muito o gosto dos personagens por cavalos e não me lembro do livro detalhar alguma cerimônia de batismo de Heathcliff.

Distorceram o preconceito para retratar Heathcliff como negro e não pelo fato de ser de origem cigana e ter sido encontrado na rua, tal como consta no livro. Acho que retrata um pouco melhor a pequena parte que ele escolhe seu primeiro cavalo.

Hindley também não é tão marmanjo em relação à Cathy e Heathcliff.

Realmente a paisagem condiz muito com o descrito no livro, mas não é por isso que precisa focar somente nos lugares e por muito tempo, né. Acho que se esqueceram que tinha todo um elenco ali para ser aproveitado. Às vezes eu até achava que o filme estivesse pausado.

Heathcliff não é tão conformado quanto nesta versão. No livro ele é compulsivo, manipulador, blasfemo e vingativo. A única cena que denota maior crueldade dele é em relação ao cachorrinho de Isabella, a cunhada de Cathy que ele usa para se vingar.

Enfim, este último eu não recomendo, mas também não poderia deixar de comentar.

Trailer:

Sinopse: Heathcliff (James Howson) é um jovem adotado por uma rica família na Inglaterra. Com o tempo ele nutre uma obsessão por Catherine Earnshaw (Kaya Scodelario), sua irmã adotiva. Quando descobre que ela irá se casar com Edgar Lindon (James Northcote), Heathcliff resolve fugir para fazer fortuna, de forma a no futuro retornar e conquistá-la.

Elenco:  Kaya Scodelario, James Howson, Steve Evets, Oliver Milburn, Nichola Burley

Anúncios