A Vida é Bela

Um dos meus filmes prediletos retratando a Segunda Guerra Mundial é o italiano A Vida é Bela, vencedor de três estatuetas no Oscar – Melhor Filme Estrangeiro, Melhor Ator e Melhor Trilha Sonora de Drama.

20150609_170314

É, pois, um filme peculiar porque retrata a Itália fascista e não focada em outros países envolvidos de forma implícita, tais como os EUA, URSS ou mesmo a Alemanha.

Há detalhes muito rebuscados e perfeccionismo durante todo o filme e dá para perceber isto pelo jeito de como o filme te prende e pelo modo do patriarca judeu da família conduzir a proteção, tranquilidade, alegria e inocência de sua família e, em especial, de seu filho… que gente… Esse garotinho estava muito fofo no filme!

É também impressionante como o filme divide os momentos de comédia e drama. Dá para rir e chorar num mesmo filme, além de toda atuação fazer transparecer tamanha agonia, somadas às ideias que o pai diz ao filho para não o apavorar com a realidade dos atos vivenciados no campo de concentração.

Retrata o fato de às vezes termos de maquiar nossos acontecimentos no anseio de esperar por dias melhores.

Se a vida é bela, este filme também é!

A trilha sonora complementa muito bem a emoção e de como deveríamos encarar a vida: singela e feliz, vindo o que tiver de vir.

Confira o trailer:

Ficha técnica:

Sinopse: Uma inspiradora obra de arte, A Vida é Bela teve 7 indicações ao Oscar, levando três estatuetas: incluindo a de Melhor Ator para Roberto Benigni. Nessa extraordinária fábula, Guido (Benigni) – um garçom dotado de uma colorida imaginação e um irresistível senso de humor – conquistou o coração da mulher que ele ama e construiu uma bela vida com sua família. Mas com o início da Segunda Guerra Mundial, Guido terá que usar toda sua força para livrar sua querida esposa e seu pequeno filho de um destino terrível. Aclamado pela crítica, este é um filme único que elevará seu espírito e conquistará seu coração.

Título Original: “Life is Beautiful (La Vita è Bella)

Diretor: Roberto Benigni

Produção: Elda Ferri, Gianluigi Braschi

Distribuição: Miramax Films / Imagem Filmes

Gênero: Drama

Elenco: Roberto Benigni, Giorgio Cantarini, Nicoletta Braschi, Horst Buchholz, Giustino Durano

Lançamento: 20/12/1997

Música: Nicola Piovani

Figurino: Danilo Donati

Fotografia: Tonino Delli Colli

Duração: 116min.

Classificação: Livre

Anúncios