Batom Líquido Dailus Pro / Blush Mosaico Vult

IMG_2740

Se alguma maquiagem tem sido muito comentada por aí é em relação à febre dos chamados batons líquidos, de efeitos matte e fixação prolongada.

Após ter citado minhas ponderações sobre o Super Stay 24h, da Maybelline (https://favodefel.wordpress.com/2015/03/03/labios-pintadinhos-por-mais-tempo/) e ter feito alguns comentários e curtidas em blogs (não lembro em quais foram) sobre tal tendência, resolvi comprar o famoso batom líquido da Dailus.

Gostei bastante, mas confesso que poderia ser melhor ou talvez eu tenha me acostumado mais com o da Maybelline.

Em relação ao preço, posso dizer que o da Dailus é bem mais em conta. Um batom normal já dura bastante pra mim, quiçá de efeito matte com duração prolongada…

A cor que selecionei foi a Ballet, que se aproxima bastante ao aclamado marsala. Imagine um marsala com a cor cereja… IMG_4317é o Ballet da Dailus. Adorei!

Quanto à secagem rápida… Hmm se contar com isso, sua boca ficará borrada. Ele demora um pouco mais para secar bem, por volta de 10 minutos e se friccionar, ainda correrá o risco de borrar um pouco.

Como ele possui um efeito matte (isso não há nem o que discordar), acabei sentindo falta de algum bálsamo, tanto para não ressecar os lábios quanto para preservar a fixação do batom.

Ele tem um aspecto acetinado, como se fosse um sérum, fininho que espalha muito bem nos lábios.

Sai com água, mas não totalmente. Porém, devo ressaltar que a proposta da marca não é garantir longa fixação, apenas o efeito matte e secagem rápida. Então o produto, na minha opinião, peca mais por causa da secagem, quando comparada com Lip Tints.

Eu amei esta cor e logo me seduzi por outra também, o “sapatilha”, num tom de roxo e puxando ao tom berinjela. Lindo e que também está super na moda.

Todas as cores ficam fortes com este efeito. Muito bom!

De quebra, para incrementar a make, também comprei o “Blush Mosaico” da Vult.

vult_blush_mosaico_1__10267_zoomSuper delicado, com desenho de rosas em variados tons às suas bochechas. Creio que pode ser adquirida por todas as mulheres.

Tem um cheirinho muito gostoso também, embora tipo de blush.

Fico com dó só de pensar em misturar as cores na embalagem… Então dedilho um pouquinho dos tons que quero usar e espalho com o pincel na pele e mescla muito bem.

Ahhh Dica básica hein meninas: Movimentos do pincel com o blush de baixo para cima (próximo das costeletas) enquanto estiver fazendo “biquinho” com os lábios, para afinar o rosto e, sempre usando os tons com muita moderação. Aspecto de saudável e não de palhaça, tá rsrsrsrs.

Os tons são acetinados, mas não como iluminadores embutidos.

Eu costumo usar tons mais bronzeados porque tenho um apelido cativo: Pikachu. Sim, porque quando estou com raiva, feliz, ansiosa, envergonhada ou com qualquer outra expressão facial intensa, eu fico imediatamente com as bochechas vermelhas, a ponto de sentí-las queimando em minha face. O problema é que fica beeem redondinho mesmo, igual do famoso Pokemón rsrsrsrs.

E o blush fixa bem na pele, resistindo aos rebocos de primer, base, pó compacto, além do vento ou algo parecido.

Ah, a embalagem é meio pesadinha e alta porque vem um espelhido acoplado na parte inferior (pena que sem o aplicador).

Enfim, estes dois produtos viraram itens indispensáveis na minha nécessaire.

Custo: R$ 16,90 – o batom líquido

R$ 19,50 – o blush

Anúncios