Seja bem-vindo outono ainda esquisito!

São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração” (Águas de Março, de Tom Jobim).

Outono e inverno são minhas estações prediletas.

E já que as mudanças climáticas e a falta de bom senso da humanidade, tal como o desmatamento na Amazônia, nos desfavorecem, talvez seja a hora da Natureza nos mostrar que é superior, tornando a estação um pouco mais esquisita a nosso favor (até rimou).

Outono, como todos sabem, é caraterizado pelo clima mais fresco e ameno, atrelado ao tempo seco e é esta secura que tem de ser alterada.

A frequência de chuvas em São Paulo neste mês está sendo ótima e nossas represas agradecem. Por isso, o fluxo de chuvas não pode parar.

Odeio sair de casa na chuva, mas sinceramente não tenho reclamado nenhum um pouco. Pelo contrário, prometi a mim chuva-do-outono-236689mesma que não reclamaria e ainda pediria mais.

Foi-se o tempo em que São Paulo era considerado como a terra da garoa.

É lamentável as situações de emergência e os casos de enchentes na cidade, mas não podemos culpar a necessidade de boas chuvas, vez que os estragos e tantos outros acidentes são causados por falhas e negligências dos Governos Municipal e Estadual, estando todos numa situação de abandono quando o assunto é infraestrutura.

E… Contrariando a impregnante música As Quatro Estações, de Sandy & Junior… Este outono irá provar que não é sempre igual.

Espero que as chuvas permaneçam mesmo no outono.

Anúncios